ENTRAR Bem-vindo! Faça login para ter
uma experiência completa.

10 novos bares para conhecer em Curitiba

28 de agosto de 2018

(37)
Alô, botequeiros: confira um trajeto de novos bares entre Batel e Água Verde para você se esbaldar - não vá de carro

Se você é adepto da religião sexta nova, vida nova como a equipe Tutano, sabe muito bem que nada melhor para renovar os ânimos que um bom bar no réveillon-semanal mais popularmente conhecido como fim de semana. E se é pra entrar no clima de novidade, os bairros Batel e Água Verde abrigam vários bares novinhos da Silva. Por isso, como bons botequeiros que somos, temos a obrigação de vir até aqui te indicar 10 destas novidades que abriram nos últimos meses, com uma rota exclusivíssima de novos bares do Batel e Água Verde, que começa na Alameda Prudente de Morais e vai atééé a Avenida dos Estados. Tem opções para todos os gostos: boteco raiz, especializados em ramen, em hambúrguer e para quem prefere os especializados em coquetel, uísque, gin ou vinho.

Seu Prudente

Para começar bem, vamos com esse novidade, que tem uma pegada raiz, mas gourmetizada na medida certa! Na Prudente de Morais, sente no Bar Seu Prudente e peça uma porção de torresmo com uma cerveja de garrafa 600ml no copo americano para acompanhar. O ambiente é descontraído e o cardápio está em uma lousa de giz enorme, para você enxergar o preço até quando já estiver lá pela 6ª garrafa.

Alameda Prudente de Morais, 1168, Batel
(41) 3016-2322
Segunda a sábado, 11h30 às 23h

The Oak 

É do time dos amantes das cervejas artesanais mas seu melhor amigo ou mozão prefere o rolê dos vinhos? Então corram os dois já para o The Oak, o novo point, na esquina das ruas Saldanha Marinho com a Visconde do Rio Branco. Peça brusquetas para acompanhar. A Especial é de queijo brie e presunto cru, em pão artesanal de fermentação natural. Chique!

Rua Visconde do Rio Branco, 1110, Batel
Segunda e terça, 18h às 23h
Quarta a sábado, 17h à 00h

Alba Wine Bar

Descendo a Visconde do Rio Branco até a Vicente Machado, a novidade é o Alba Wine Bar. A entradinha azul revela uma experiência que só indo pra entender. O rolê por lá é para desmistificar que vinho é só para momentos requintados. São 50 rótulos na carta e opções de vinhos na taça a partir de R$ 10 e garrafas a partir de R$ 50.

Av. Vicente Machado, 632, Batel
(41) 3149-1714
Segunda a quinta-feira, 18h às 23h
Sexta e sábado, 18h à 1h

Jack & Gin

Caminhando pela Vicente, dê uma quebradinha à esquerda na Presidente Taunay. O Jack & Gin, que fica dentro do Street 444, abriu as portas em julho, e o foco é para quem não larga mão do tradicional mas curte surfar nas novidades do momento. Uísque Jack Daniel’s e Amázzoni Gin são os protagonistas do espaço. Fique tranquilo que, para comer, você tem opções de sobra nos parceiros de Street, como os hambúrgueres do My Way. 🙂

Alameda Pres. Taunay, 444, Batel (Street 444)
Segunda a sexta-feira, 17h à 1h30
Sábado, 17h às 2h30

Wanderlust

De volta à Vicente, mas na outra “ponta”, surgiu o Wanderlust. O nome, para atrair gringo viajante e descolados do Brasilzão, descreve um forte desejo de viajar e explorar o mundo. E nada melhor que embarcar nessa viagem com shot grátis! Por lá tem que ficar mais esperto do que em estação de trem. Hora que ouvir a buzina, corre pro balcão. Só não vale dar rasteira no amiguinho para ser um dos 10 primeiros a chegar (é feio!). Os preços são camaradas: duas gin tônicas por R$ 20 e litrão de cerveja por R$ 10.

Avenida Vicente Machado, 984, Batel
Terça a sábado, 17h às 02h

Cão Veio

Seguindo meia quadra para frente, vire à esquerda na Alferes Ângelo Sampaio. Por lá, o chef Henrinque Fogaça, da marca Cão Véio, abriu uma filial em Curitiba, a primeira da região Sul. A aposta, claro, os queridinhos hambúrgueres artesanais, mas com uma pegada beeem hardcore – tipo a vibe da decoração. Mas também tem sanduíches com receitas especiais, assinadas pelo chef Fogaça. O sanduíche mais vendido da casa é o Mastim, preparado com cupim assado lentamente e finalizado na manteiga de garrafa com vinagrete de agrião, cebola roxa e tomate. Para os vegetarianos, a sugestão é o Granola, sanduíche com mix de cogumelos porcini, shitake e shimeji, alho poró, tomate, cebolinha e queijo gruyère servido no pão australiano.

Rua Alferes Ângelo Sampaio, 1744, Água Verde
(41) 3121-2908
Segunda a sábado, 18h à 00h

CHō Street Food

Direto para o badalado Shopping Hauer, o novo destaque é o CHō Street Food. O beco cruza continentes e pimba lá no Japão. Artes maneiras, jornais de Tokyo, cartazes de filmes, curiosidades orientais e até fliperama para jogar Street Fighter. O nome já diz tudo. Do Oriental, 超 (Chō), é tipo pesadão, irado, algo da hora mesmo. Os coquetéis têm autoria de Pablo Moya. Um dos drinques imperdíveis para dividir com os amigos é o Banheira Godzilla. Leva Smirnoff, limão, espuma de gengibre e Aromatic Bitter. O melhor: é servido numa banheira e é superinstagramável.

Rua Comendador Araújo, 891, loja 6, Batel
(41) 3149-0739
Segunda a quinta-feira, 18h à 00h
Sexta e sábado, 18h às 2h
Domingo, 18h à 00h

Tiki Taka Gastrobar

Depois de uma boa pernadinha pela Ângelo Sampaio, vire à direita na Petit Carneiro, na altura do estádio Joaquim Américo Guimarães. Alí está a novidade Tiki Taka, que aposta na maior paixão nacional: o futebol. O nome vem do espanhol tiqui-taca, sistema de jogo no futebol caracterizado por passes curtos e movimentação, típico do Barcelona. Mas fica tranquilo, por lá ninguém vai te fazer correr não! É só assistir a um bom jogo com amigos enquanto petisca uma alcatra do Divino, uma homenagem ao lendário jogador Ademir da Guia.

Rua Petit Carneiro, 394, Água Verde
(41) 3401-6361
Segunda a quinta-feira, 17h às 23h
Sexta, 17h à 00h
Sábado, 11h à 00h

Oishi Ramen Bar

Siga direto até a Presidente Getúlio Vargas, e pare no Oishi Ramen Bar. Ele entrou para o time dos bares curitibanos em março e tem um cardápio com 10 opções de ramen (que a gente fala “lámen”), drinques e aperitivos típicos japoneses. O ramen leva macarrão, caldo e acompanhamentos e o Oishi é o único bar na cidade especializado no prato. O menu foi idealizado pela empresária Carmen Tieko Furukawa Vega, que viveu no Japão e aprendeu truques do preparo com os chefs Juliano Komay e Jefferson Yuji Kanno. Os preços dos ramens variam entre R$ 34 e R$ 39. Eles têm estacionamento no local. 😉

Avenida Presidente Getúlio Vargas, nº 3309, Água Verde
Segunda a quinta-feira, 11h30 às 14h30; 18h30 às 23h
Sexta e sábado, 11h30 às 15h; 18h30 às 23h30

Barvinho

Deeeesça a rua Cândido Xavier até a Maternidade Santa Brígida. Vire na Rua Mato Grosso e desemboque na Avenida dos Estados. Lá fica o Barvinho, um bar de vinho mas com alma de boteco. Inaugurado no final de maio, a proposta é um ambiente mais simplificado que os tradicionais wine bars. Tem aquele clima de bar de bairro mesmo, sabe? Diariamente, eles separam quatro opções de vinhos selecionados. Queijos e embutidos são vendidos por quilo para te acompanhar.

Av. dos Estados, 630 loja 04, Água Verde
Segunda a sábado, 18h às 23h30

Leia mais:

Onde comer hambúrguer vegano em Curitiba
6 bares curitibanos com pratos de países da América Latina
Roteiro gastronômico na Rua Itupava
10 lugares instagramáveis em Curitiba

COMPARTILHE ESTA MATÉRIA
AVALIAÇÕES
(37)
  • Excelente
    17
  • Muito bom
    2
  • Normal
    1
  • Ruim
    1
  • Horrível
    16
DÊ SUA NOTA:
COMENTÁRIOS
  • pra min não faz diferença, mas para quem gosta boa diversão

  • Amo vinho e é muito legal saber destes novos bares que servem vinhos sem a necessidade de gastar uma fortuna para jantar ... o mundo não vive só de cerveja gourmet !
    Já conheço o "BarVinho" e super recomendo, estou incluindo a minha lista o "The Oak" e "Alba Wine Bar" para as próximas saídas ! E viva o vinhoooo !!!!