ENTRAR Bem-vindo! Faça login para ter
uma experiência completa.

5 restaurantes de refugiados indicados pela Myria da Síria

30 de novembro de 2017

(42)
Comida de raiz

O gosto é peculiar, o modo de preparo é autêntico. Coma e você vai notar que a comida feita por refugiados é diferente. Leve em conta o seguinte: são receitas caseiras que eles faziam no país de origem. É comida com verdade, com afeto, que reunia família e amigos antes da guerra obrigar essas pessoas a deixarem tudo para trás, menos o caderninho de receitas.

Yasmin Comida Árabe

A Myria Tokmaji, 27 anos, fugiu dos bombardeios em Alepo, na Síria, e está há quatro anos em Curitiba. Além de trabalhar como designer, toca o Yasmin Comida Árabe junto com os pais Zuka e Botros, o irmão Abed e a cunhada Lucia. Eles participam de feiras, fazem eventos e recebem encomendas de pratos árabes. Com um tempero próprio, usando especiarias que importam da terra natal, estão conquistando o paladar de muita gente, especialmente de vegetarianos. A família Tokmaji também recebe as pessoas na própria casa para uma refeição exclusiva que a Myria define como “um momento de amizade”. “Servimos nossa comida, bebida, tocamos música síria com instrumentos típicos. Estamos refazendo nossas vidas e queremos conhecer mais pessoas, conviver em sociedade. É uma troca cultural”, explica. Esse serviço específico está no site Dinneer, mas na página do Yasmin Comida Árabe no Facebook você confere o cardápio para encomendas e depoimentos de clientes encantados com os preparos da família Tokmaji.

Rua Joaquim Ignácio Taborda Ribas, 592, Bigorrilho
(41) 99855-4811
Aceitam encomendas e participam de feiras e eventos.

Myria indica:

Ela recomenda os serviços de gastronomia de colegas sírios e avisa que “todos fazem pratos típicos com o mesmo capricho, mas ninguém faz com o mesmo sabor”. Veja as dicas da Myria!

Restaurante Naya

Quem cozinha: o casal Oula e Elias.
O que comer: indico o combo Naya que vem com sanduíche de carne SUJUK, uma carne seca síria muito comum no nosso país. Acompanha batata frita que também se come muito na Síria. Lá, temos sanduíche de batata frita, coisa que nunca vi aqui no Brasil.

Rua Comendador Araújo, 268, Centro (Dentro do Shopping Omar)
(41) 9986-2630
Segunda a sábado, 9h às 20h

Restaurante Sham

Quem cozinha: uma grande família síria. Quem come lá está ajudando muitas pessoas que estão recomeçando suas vidas com esse negócio.
O que comer: indico o quibe que tem sabor típico da Síria. Sabia que lá no meu país existem mais de 100 tipos de quibe, especialmente em Alepo? Tenho saudades do quibe recheado com carne e pinhole.

Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 1612, Bigorrilho
(41) 3203-9398
Terça-feira a domingo, 11h às 22h
(também aceita encomendas e faz eventos)

Os Beduínos Gastronomia Árabe

Quem cozinha: os irmãos Amr e Baha’.
O que comer: o pão de SAJ que vocês conhecem como pão folha. SAJ é o nome da chapa que parece uma panela wok invertida. É muito popular na Síria. O modo de preparo é bem diferente e precisa ter habilidade manual para abrir a massa. Melhor ver o vídeo pra entender o que estou falando. 😉

Rua Mal. Deodoro, 1295, Centro
(41) 99964-4121 e (41) 99644-1211
Aceitam encomendas e participam de feiras e eventos)

Restaurante Suryana

Quem cozinha: o dono é o Maher. Morávamos no mesmo bairro em Alepo.
O que comer: indico o sanduíche de falafel, que é o pão sírio recheado com bolinhos de grão de bico, legumes, picles e tahine. E também tem bufê por quilo.

Al. Dr. Carlos de Carvalho, 603, Centro
(41) 3538-8993
Segunda a sexta-feira, 11h15 às 21h
Sábado, meia-noite às 21h
Domingo, 12h às 16h

Leia mais:

Armazém Califórnia, por André Bezerra
Já ouviu falar em pizza árabe?

COMPARTILHE ESTA MATÉRIA
AVALIAÇÕES
(42)
  • Excelente
    28
  • Muito bom
    4
  • Normal
    3
  • Ruim
    5
  • Horrível
    2
DÊ SUA NOTA:
COMENTÁRIOS
  • Já conheço a comida deliciosa da família da Myria - Yasmin Comida Árabe e da família Houdaifa - Os Beduínos! Tudo muito gostoso, feito com amor e capricho. E realmente têm um tempero diferente... Coisas gostosas do Oriente Médio! Os demais ainda não tive a oportunidade de provar, mas pretendo fazer isso logo. ;-). Vale provar, pela comida em si, que é ótima, e também para apoiar todas estas famílias que estão chegando à nossa cidade e precisam recomeçar suas vidas! Bons negócios e muitos clientes para todos.

  • Fantástico! Myria é um exemplo de luta e conquista. O Dinneer.com está de coração aberto para ajudar no empoderamento de refugiados, mulheres e outra minorias sociais. Visitem a Myria e vivam essa experiência incrível e única em Curitiba.