ENTRAR Bem-vindo! Faça login para ter
uma experiência completa.

Vinhos para o inverno

26 de junho de 2017

(4)
Sugestões diretas do Chile, Argentina, Portugal, Itália e África do Sul

Sejamos honestos: vinho é bom em qualquer estação. Mas, vamos combinar também que quando as temperaturas baixam e as noites ficam mais longas, pegar uma taça, seja pra acompanhar um prato típico de inverno ou pra tomar em frente à lareira, ganha um sabor diferente, certo?

Pensando nisso, para te ajudar a escolher um rótulo ideal para este inverno, separamos cinco sugestões que caem bem nestes dias mais frios: vinhos tintos, encorpados e aromáticos. E, como a intenção é agradar paladares diversos, listamos indicações diretas do Chile, Argentina, Portugal, Itália e África do Sul. Confere só:

Cefiro Pinot Noir

Nossa primeira indicação vem do Vale de Casablanca, no Chile, uma região bastante propícia ao cultivo da uva Pinot Noir. Produzido pela Viña Casablanca, o vinho tem aromas de frutos vermelhos frescos e flores, além de ser fresco e com acidez balanceada. Pra chegar a esse resultado, uma parte da bebida estagia em barricas de carvalho francês por seis meses. Quer uma dica de acompanhamento? Aposte em uma polenta cremosa com ragu de cogumelos.

Preço sugerido: R$ 65,90

Benjamin Nieto Senetiner Select Blend

Uma sugestão de nossos hermanos argentinos, o Benjamin Nieto Senetiner Select Blend combina aromas de pimentas com notas de frutas vermelhas. Elaborado em Mendoza, na sub-região de Luján de Cuyo, pela tradicional vinícola Nieto Senetiner,  o vinho é uma junção das uvas Malbec, Merlot e Bonarda e estagia entre três e seis meses em barrica de carvalho francês. Além de ser uma boa opção sozinho, cai bem com pratos à base de carne de porco e aves.

Preço sugerido: R$ 42,90

Marquês de Borba

Taninos maduros e equilibrados são algumas das características desse vinho português, assinado pelo enólogo João Portugal Ramos. Produzido a partir das uvas Alicante Bouschet, Aragonez, Trincadeira e Touriga Nacional, a bebida fica em barricas de carvalho por um breve período. Entre seus aromas, percebe-se muita fruta como amora e cassis. Um vinho bom para ser saboreado com pratos que levam carnes vermelhas magras grelhadas ou massas com molhos de carne.

Preço sugerido: R$ 60,90

Luccarelli Negroamaro IGP

Direto da região da Puglia, da Itália, esse vinho é elaborado a partir da uva Negroamaro. Uma criação do produtor Luccarelli, a bebida possui aromas de frutas e toques de ervas, como tomilho. Com taninos finos e final longo, o rótulo é resultado do estágio de aproximadamente seis meses em barricas de carvalho. É uma boa opção para acompanhar carnes vermelhas e queijos duros, como parmesão, emmental ou gruyère.

Preço sugerido: R$ 68,90

Nederburg Winemaster’s Pinotage

A quinta sugestão é esse vinho tinto sul-africano elaborado pela vinícola Nederburg com a uva Pinotage. O rótulo amadurece em barricas novas de carvalho francês E americano por 12 meses, o que acaba dando a ele aromas de frutas negras como ameixa e cereja e também notas de especiarias. Seco e equilibrado, a bebida vai bem com aquela pizza de calabresa ou com uma massa acompanhada de ragu de linguiça, por exemplo.

Preço sugerido: R$ 63,90

Onde encontrar em Curitiba:

Leia mais:

Vinho combina com churrasco?
Vinhos que traduzem a Itália

COMPARTILHE ESTA MATÉRIA
AVALIAÇÕES
(4)
  • Excelente
    4
  • Muito bom
    0
  • Normal
    0
  • Ruim
    0
  • Horrível
    0
DÊ SUA NOTA: