ENTRAR Bem-vindo! Faça login para ter
uma experiência completa.

Cerveja: paixão nacional, produção local

10 de maio de 2016

(0)
Sabores incríveis, rótulos bacanas, nomes divertidos e prêmios internacionais. A microcervejaria Bodebrown tem tudo isso. E é daqui. Você conhece?

Companheira para todas as horas, vai do boteco da mais baixa gastronomia às mais estreladas mesas do mundo. A cerveja não tem frescura, mas também não se mixa para qualquer vinho de narizinho em pé. E sabe o melhor? Tão especial quanto uma cerveja importada, originária da cervejaria mais tradicional da Bélgica, pode ser uma feita (praticamente) em casa.

Quando consumimos um produto local, experimentamos as tradições, a cultura, o sotaque e os costumes de uma sociedade. E mesmo tendo sido inventada há mais de 10 mil anos, de ter chega do ao Brasil em 1808, de ser paixão nacional em dezenas de países mundo afora, a cerveja pode ser única, exclusiva, com sotaque leite-quente. Na microcervejaria Bodebrown, do meu amigo Samuel, tem até uma cerveja gourmet que leva pinhão na receita. Um exemplo perfeito do melhor produto local.

Combina com o quê?

Qualquer leigo sabe que vinho branco vai bem com carne branca e que vinho tinto combina com carne vermelha. Claro que não é tão simples assim, mas a regra é quase sempre essa. E as cervejas? Primeiro, é fundamental conhecer as características do prato e da cerveja.  Basicamente, para pratos mais pesados, com sabores mais intensos e molhos mais encorpados são indicadas cervejas mais fortes, mais alcoólicas. Pratos leves combinam com cervejas leves. Mas existem também outras técnicas de harmonização, como o “contraste” (quando as  características, sabor, aroma e texturas da cerveja se diferenciam dos pratos, mas melhoram o sensorial) e a “semelhança” (quando o prato e a cerveja têm características sensoriais semelhantes).

bodebrownBodebrown Wee Heavy + Pratos da Forneria Copacabana

O Ponto Central desta receita é o malte, com aromas adocicados e tostados e sabor caramelado e defumado, teor alcoólico de 8% (cerveja forte)

1ª Harmonização:

Carré da Villa (costeleta de cordeiro com purê de batatas e crosta aromática)

2ª Harmonização:

Filé Gorgonzola (mignon grelhado servido com suave creme de gorgonzola e garganelli)

3ª Harmonização:

Dubai Burger (hambúrguer de cordeiro assado em forno a lenha, molho sour cream)

COMPARTILHE ESTA MATÉRIA
AVALIAÇÕES
(0)
  • Excelente
    0
  • Muito bom
    0
  • Normal
    0
  • Ruim
    0
  • Horrível
    0
DÊ SUA NOTA: