ENTRAR Bem-vindo! Faça login para ter
uma experiência completa.

5 lugares pet friendly em Curitiba, por André Bezerra

5 de fevereiro de 2018

(27)
Fizemos um circuito etílico-gastronômico bom pra cachorro

Quantas vezes você saiu de casa com o coração partido, deixando aquela coisa peluda te olhando desolado, como se o mundo fosse acabar? Você já desistiu – ou quase – daquela rodada pelos restaurantes e botecos simplesmente para não deixar o seu cachorro sozinho? Pensando nisso, fizemos um roteiro que ele pudesse acompanhar. Afinal de contas, quem tá junto, tá junto.

Consultamos quem realmente entende do assunto. Convidamos a Surica, buldogue do percussionista Luis Rolim (Orquestra à Base de Sopro e de Cordas de Curitiba, Milagrosos Decompositores, Sapato Furado Orquestra de Gafieira, entre outros trabalhos) para passar o aniversário de 1 ano conhecendo os estabelecimentos conosco. Queríamos observar se ela ficaria à vontade em casas classificadas como pet friendly. Também levamos em conta a proximidade com parques, bosques e feiras. Afinal, cachorro precisa de espaço para correr e brincar. Foi um sábado com muita comida e bebida boa. Mas o melhor foi a companhia: Luis Rolim, a Fernanda Marchesi – esposa dele – e a simpática Surica.

Hendrix Brew House

Essa casa completou um ano em dezembro. Portanto, Hendrix e Surica têm praticamente a mesma idade. Nos almoços de sábado eles servem uma costela macia e saborosa, acompanhada de batatas ao murro, molho barbecue, farofa e vinagrete maravilhoso, do chef Thiago Pires Carvalho. De entrada, pedimos a polenta frita. Um espetáculo de apresentação.

Fomos muito bem acolhidos pelo Douglas e pela Marilise, responsáveis pela casa. Escolhemos uma mesa no deck de madeira com vista para a feira do Juvevê. A Surica arrancou sorrisos das pessoas que estavam por ali e ganhou um pote com água fresquinha, além do carinho da Mari. Para os humanos, chope artesanal. Ouvimos um pouco de ótimo rock e blues apresentados ao vivo – mais uma atração nos almoços de sábado – e seguimos para a próxima baldeação, apesar da vontade de ficar um pouco mais.

Dicas Tutano: leve o seu growler e ganhe 20% de desconto no litro do chope. A música ao vivo rola de quinta a sábado. Se você é músico ou gosta de brincar, tem a Quinta Autoral, quando você pode subir no palco, apresentar suas composições e, depois, tocar acompanhado da banda da casa.

Rua Alberto Bolliger, 721, Juvevê
(41) 3093-5743
Terça a quinta-feira, 18h às 23h30
Sexta-feira, 18h à 1h
Sábados, 13h até meia-noite.

Banoffi

De frente para um belíssimo gramado do Jardim Ambiental, mais uma criação do casal Délio e Renata Canabrava: o Banoffi. A casa, que emprestou o nome da famosa sobremesa, é uma excelente opção para levar seu pet. A Surica foi direto para o gramado, onde correu e jogou bola, uma das brincadeiras preferidas dela. Enquanto isso nós, reles humanos previsíveis, sentamos na mesa da calçada para um café, taça sensação de morangos com chantilly e um brownie de chocolate com sorvete artesanal de creme. Tudo sob a sombra da copa da árvore. Sim, senhor, não só da sobremesa homônima vive o Banoffi.

Além dos doces, há um cardápio bem bacana com opções de carnes, saladas, panquecas e outras massas. Depois, a Surica veio para a água fresquinha dela, sob a sombra da nossa mesa. Ela gostou tanto que, ao ser pega no colo pelo próprio Délio, esticou a língua e tascou um beijo surpresa na boca dele, tudo na frente da Renata, esposa do restauranteur.

Dicas Tutano: se for com seu cachorro, leve a bola e os brinquedos dele para o gramado. Se quiser ir com crianças, o Banoffi tem um espaço kids bem bacana, com brinquedos, livros e material para desenhar.

Itupava, 1091 – Alto da XV
(41) 3262-0004
Terça-feira a domingo, 11h45 às 21h

Porks (Porco & Chope)

Inaugurado há quatro meses, o Porks já se tornou destino disputado nos finais de semana. A combinação de burgers, sanduíche de pernil, torresmos ou costeletas de porco + chope artesanal está fazendo sucesso.

Na fachada, uma placa anuncia: Pet Friendly Zone. O espaço, porém, é restrito e o seu cachorro vai acabar ficando atado à mesa pela coleira. A dica, portanto, é levá-lo para dar uma volta no gramado do MON, mais conhecido como Cachorródromo, e dar uma canseira nele. Depois é só atravessar a rua e escolher uma mesa na área externa do Porks. O chope é bacana e os burgers e porções no pote – todas com porco – são bem apetitosos.

Dica Tutano: no sábado tem rock e blues ao vivo. A performance acontece à beira do janelão da casa, voltado para a área externa. Pura interação e diversão.

Mal. Hermes, 1092, Ahú
Terça a sexta-feira,  19h à meia-noite
Sábado e domingo, 14h às 23h

Quintal do Monge

Mais uma casa que transcende seu espaço físico. Às vezes é difícil delimitar onde termina o calçadão do Largo da Ordem e onde começa o pátio externo do Quintal do Monge. Isso, para os cachorros, significa oportunidade para dar um belo passeio, explorar a região, regar muitos postes e estar próximos aos seus donos. A Surica, naturalmente, aproveitou cada momento: desfilou pelo Largo, farejou entradas de bares e restaurantes, ganhou carinho da criançada e fez jus ao nome que foi batizada. Isso mesmo, Tia Surica é uma sambista carioca, integrante da velha guarda da Portela. Pois a Surica do Luizinho e da Fernanda foi conferir o ensaio do bloco Parei no Cavalo Babão, no calçadão quase diante do bar, e ficou curtindo a música.

Nós aproveitamos para pedir chope e fish’n’chips no quintal do Quintal. Depois a Surica ganhou outro pote com água fresquinha e nós partimos para a quinta parada. Nossa companheira canina começava a demonstrar que não estava entendendo toda aquela romaria bem no dia  seguiu firme e forte.

Dicas Tutano: o Quintal do Monge oferece belas promoções de happy hour diariamente, entre nas redes sociais e fique por dentro. Nos domingos de feirinha, a casa funciona quase como uma paragem ou um camarote para o chope gelado, petiscos bem servidos, ou uma bela refeição.

Dr. Claudino dos Santos, 24 – São Francisco
(41) 3232-5679
Terça-feira a sábado, 11h à 1h
Domingo, 11h às 21h

Choripan

Finalmente, por causa da bela dica das amigas jornalistas Rafaella Malucelli e Amanda Kasecker, da NoAr, partimos para o nosso último boteco do dia: o Choripan. A Surica, ao saltar do carro, praticamente tropeçava no meio metro de língua que pendia para fora da boca dela. Por outro lado, só faltou ela sentar no balcão do bar e pedir um chope com dois dedos de espuma e uma cachaça de jambu. Descolamos a Surica na arte de botecar. O Luisinho, assim como eu, ostentava um sorriso de orgulho. A Fer me pareceu um pouco preocupada. Agora ela tinha dois botequeiros de carteirinha dentro da casa dela.

Enfim, o Carlão, dono do Choripan, nos recebeu de braços abertos no belíssimo jardim verdejante do Choripan Mercês. Disneylândia dos cachorros, há tigelas de água bem fresquinha espalhadas por todos os lados. A Surica fez questão de provar cada uma. Para os humanos: o tradicional sanduíche choripan, com vina artesanal e molhos/acompanhamentos da casa, além do chope muito gelado e bem tirado. Também teve sobremesa: mini-churros de doce de leite. Tudo sensacional.

Era perto da hora da Surica jantar, então a Fer trouxe a ração da nossa companheira. Disciplinada, ela comeu conosco sob as copas das árvores enquanto a noite caía agradável. Como o dia era especial, o Luis Rolim desceu os instrumentos do carro e tocamos para a aniversariante Surica, estrela desse roteiro e da matéria. De barriga cheia, ela corria de um lado a outro, brincava com a Fer, latia para a cuíca do Luisinho, mastigava uma maracá feita à mão e rosnava para mim porque eu estraguei a apresentação de um dos grandes percussionistas do Brasil. Desafinei no tamborim, foi um vexame.

Dica Tutano: não deixe de provar a cachaça de Jambu. Você vai pensar que deram uma martelada na sua língua.

Choripan Mercês
Rua Tapajós, 30, Mercês
(41) 98838-7569
Terça a sexta-feira, 17h às 23h
Sábado, 11 às 23h
Domingo, 11 às 21h

Choripan Getúlio
Av. Pres. Getúlio Vargas, 3777,  Rebouças
(41) 3121-2563
Terça a sexta-feira, 17h às 23h
Sábado, 14 às 23h
Domingo, 14 às 21h

E o que mais está rolando no universo pet?

Encontramos esse site muito bacana, que também está nas redes sociais:

www.curitipatas.com.br

Dica: Um dos críticos gastronômicos mais famosos do Brasil, o JB ou Julio Bernardo, fez um roteiro pet-friendly em São Paulo e revelou que, por lá, algumas casas já oferecem um cardápio para os cachorros. Por exemplo, você pede um steak tartare pra você e um pires com carne crua, ou uma porção de Pro Plan para o seu dog.

Quer conhecer o blog do JB? Entra aí:

botecodojb.blogspot.com.br

Leia mais:

Spaghetto, por André Bezerra
Selo Tutano 2018: a cada semana uma nova indicação

rodape_andre

André Bezerra é amante da gastronomia boêmia e “garimpeiro” de experiências que surpreendem o paladar. Fundador da Monstro Animal – produtora de eventos – e escritor por hobby. Siga no Instagram: @andrbezerra

Artigo de: André Bezerra

COMPARTILHE ESTA MATÉRIA
AVALIAÇÕES
(27)
  • Excelente
    23
  • Muito bom
    1
  • Normal
    1
  • Ruim
    1
  • Horrível
    1
DÊ SUA NOTA:
COMENTÁRIOS
  • Maravilhoso roteiro podia fazer uma tabelinha com is locais endereço telefone e podemos postar
    Valeu parabéns e superobrigada