ENTRAR Bem-vindo! Faça login para ter
uma experiência completa.

Ceviche Veg: a versão animal-free

31 de outubro de 2016

(12)
Ceviche sem peixe? Sim! Anota aí a receita!

No dia 1° de novembro, é comemorado o Dia Mundial Vegano. A data foi estabelecida por Louise Wallis, em 1994. Louise era presidente da Vegan Society, da Inglaterra, instituição que comemorava 50 anos na ocasião.

Mas quem é vegano ou vegetariano certamente já ouviu por aí: “mas você não come nem peixe?”. É muito comum as pessoas esquecerem que peixe também é carne e, portanto, não faz parte da alimentação veg. Por isso, hoje, trouxe a versão animal-free de uma receita tipicamente feita com peixe  com carinha de primavera, numa apresentação colorida, sabor fresquinho e supersaudável!

Segundo a Wikipédia, o ceviche é um prato de origem peruana baseado em peixe cru marinado em suco de limão ou lima ou outro cítrico. O essencial é que o pescado seja branco (sem muita gordura, nem músculo vermelho, como o sangacho do atum), mas de carne firme; (…) Outros ingredientes “obrigatórios”, pelo menos no Peru onde é considerado o “prato nacional”, são a cebola e o piri-piri ou pimenta.

Confira a receita animal-free de ceviche

 Ingredientes:

  • polpa fresca de 4 cocos verdes (carne de coco)
  • 1 maço de coentro
  • 1 cebola roxa média fatiada
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • sumo de 4 limões
  • sal marinho
  • 1 colher de chá de gengibre ralado
  • ½ manga fatiada (não pode estar muito madura)
  • ½ pimenta dedo-de-moça (pode tirar o caroço para diminuir o ardor)
  • 2 colheres de sopa de semente de girassol
  • 4 colheres de sopa de água de coco (opcional)
  • pedacinhos de alga nori (bem pequenos | opcional)

Modo de preparo:

Retire a água dos cocos e abra-os com a ajuda de uma faca grande (em barracas que vendem a água do coco, eles fornecem o coco já aberto, gratuitamente ou por uma pequena quantia). Retire a carne do coco, fatie e  coloque em um recipiente com água  reserve (é importante que seja consumido logo pois a carne do coco oxida com facilidade).

Fatie a manga e as cebolas, pique o coentro e prepare a marinada: Em um recipiente, misture a pimenta, a cebola, o azeite de oliva, o gengibre, a água de coco e o suco de limão. Junte o coco e os demais ingredientes e tempere com sal. Deixe marinar por uns 30 minutos e sirva. Se quiser adicione as sementes de girassol somente ao servir para que mantenham a crocância.

Fácil, prático e supersaboroso! Essa receita pode ser feita, inclusive, com cogumelos. Fica excelente também!

Quer fazer essa receita? Clique aqui.

tutano-1

Conheça alguns restaurante que servem ceviche em Curitiba:

Do Peruano Café Bistro: ceviche veg 😀

Segunda a sexta-feira, 11h às 21h, e sábado e domingo, meio-dia às 15h
Av. Victor Ferreira do Amaral, 1088, Tarumã
(41) 3045-6711

Forneria Copacabana: ceviche de peixe branco

Almoço | Segunda a sexta-feira, 11h30 às 14h30, e sábado e domingo, meio-dia às 15h
Jantar | Segunda-feira a sábado, 19h à meia-noite
Av. Iguaçu, 2820, Rebouças
(41) 3243-5787
Rua Itupava, 1155, Alto da Glória
(41) 3363-5565

Restaurante Miyo: mix de peixes

Segunda a sexta-feira, 11h30 às 23h, e sábado, 11h30 às 15h
Rua Dr. Raul Carneiro Filho, 30, Água Verde
(41) 3333-8338

Bar Cana Benta: ceviche de tilápia

Terça-feira a sábado, 17h à meia-noite, e domingo, 15h às 23h40
Rua Itupava, 1431, Hugo Lange
(41) 3019-6898

Sobre o veganismo:

Ao contrário do que muitos pensam, o veganismo não é somente uma dieta. Muito além da comida, o veganismo é uma ideologia, um conjunto de ações que abrange todos os aspectos da vida e  seu ponto chave é a recusa ao sofrimento dos animais. Sua alimentação é chamada Vegetariana Estrita (que exclui até o mel), não frequentam circos com animais, não usam roupas com peles ou mesmo cosméticos e produtos de higiene testados em animais, além de diversas outras ações contra as quais se posicionam (por exemplo, rodeios, touradas e a polêmica vaquejada).

Aqui em Curitiba contamos com a presença da Sociedade Vegetariana Brasileira, uma organização que promove campanhas, convênios, eventos, pesquisa, educação e atuação política afim de conscientizar a respeito dos benefícios do vegetarianismo e trabalha para aumentar o acesso da população a produtos e serviços vegetarianos. Um exemplo é o selo SVB: um selo que garante que determinado produto é vegano – ou seja, fornece a garantia ao consumidor de que o desenvolvimento e fabricação de um determinado produto não teve qualquer uso de animais ou suas partes. Conheça mais sobre a SVB e o projeto aqui.

opc%cc%a7a%cc%83o_03

A Gabi é arquiteta urbanista e metida a cozinheira! Desde que entrou no mundo do esporte, mudou sua alimentação, o olhar sobre o mundo e sobre seu corpo. Hoje é maratonista, autora do blog Flor de Sal e colunista do Presunto Vegetariano e estuda para ser chef especialista em culinária veg.

Leia também:

6 lugares para levar aquele seu amigo “veg”
Restaurante Manu atende vegetarianos, veganos e intolerantes/alérgicos

Artigo de: Gabrielle Mahamud

COMPARTILHE ESTA MATÉRIA
AVALIAÇÕES
(12)
  • Excelente
    11
  • Muito bom
    1
  • Normal
    0
  • Ruim
    0
  • Horrível
    0
DÊ SUA NOTA: