ENTRAR Bem-vindo! Faça login para ter
uma experiência completa.

Quem quer comer na rua põe o dedo aqui, que já vai abrir a Central do Abacaxi

20 de outubro de 2016

(13)
Michel Prado visita a Central do Abacaxi, restaurante-movimento na Rua Julia da Costa

Sábado com sol em Curitiba é tão raro, mas tão raro, que a tentação de permanecer fora de casa é grande. Qualquer oportunidade de estocar Vitamina D vale. Isso talvez explique o sucesso dos bares e restaurantes com áreas externas, abertas, especialmente nos fins de semana. Quando se adiciona a essa receita comida boa, alimentos orgânicos, preço justo e uma pitada de música, trato feito.

Minha mais recente descoberta no mundo das comidas ao ar livre veio acompanhada de algumas – deliciosas – surpresas. Trata-se da Central do Abacaxi (eu também achei que era nome de banda no começo, relaxe), um restaurante-movimento que acaba de se instalar na Julia da Costa, ou simplesmente Julia, para os mais chegados, que a desejam transformar em um novo eixo gastronômico e cultural. A viela parece ter vocação pra coisa: ruas de paralelepípedo, casinhas e moradores simpáticos, baixo fluxo de veículos, árvores. E a “Casa de Comer” da Central do Abacaxi.

O projeto foi concebido por Amanda Kosinski e Camila Frankiv, em 2014, incialmente como cozinha ambulante. Ambas vinham de carreiras convencionais, atuando como chefs em restaurantes em Curitiba, São Paulo, Paraty. Após lançarem-se à vida itinerante, passaram a cozinhar aonde desse para montar a cozinha, em meio a feiras, bazares e eventos. Foram mais de uma centena deles desde então, inclusive a pré-abertura da sua casa na Julia, no fim de setembro, quando as conheci.

Fui de Burger com chopp. Destaque para o molho de tomates com goiaba e grapa. Orgânicos. Ainda ganhei uma muda de coentro, que veio a calhar num guacamole improvisado, mas não resistiu à minha falta de destreza com a horta. De quebra, saí com um pão de bixo, do Thiago Nakaguishi, que faz pães artesanais com fermentação natural. Isso tudo em meio a música, esteiras no gramado e olhares curiosos de motoristas que ainda não se curaram da dependência do ar-condicionado. Esses viajam no abacaxi. Nós, aqui. Vida longa à Casa de Comer.

A Central do Abacaxi fica na Alameda Julia da Costa, 474, no São Francisco.

Horário de funcionamento:
Quarta a domingo, das 11h às 19h
Nas quintas e sextas-feiras, happy hour até às 21h

rodape_michel
Michel Prado é jornalista em busca de ingredientes para suas histórias dos outros.

Leia também:

Itupava pode virar polo gastronômico
Feirinha do Largo: do pré-hippie ao pós-hipster

Artigo de: Michel Prado

COMPARTILHE ESTA MATÉRIA
AVALIAÇÕES
(13)
  • Excelente
    11
  • Muito bom
    2
  • Normal
    0
  • Ruim
    0
  • Horrível
    0
DÊ SUA NOTA:
COMENTÁRIOS
  • <3