ENTRAR Bem-vindo! Faça login para ter
uma experiência completa.

Alface para pegar leve na comilança

17 de maio de 2016

(0)
Tiago Vidal ensina uma receita deliciosa para economizar nas calorias, mas não na gostosura

Tira o pé do chão, o verão tá chegando. É hora de caprichar na tesância e preparar o corpo lascivo para fazer cosplay de Tieta nas areias de Matinhos. Mas só marquinha de biquíni e sabor de Nivea Sun não irão garantir o visual panicat. Pra isso você vai precisar pegar leve na sustância. A boa notícia é que até uma coisa sem personalidade como a alface pode ficar atraente nesta época.

A alface é o Eri Johnson dos vegetais: apesar de estar em todas, é sempre coadjuvante nos pratos. Porém, desta vez ela vai ganhar um papel de mais destaque na nossa cozinha das gostosas. Mas antes vamos preparar o molho, este sim o ator principal (ninguém achou que seria o Eri Johnson, né?). Em um pote, coloque oito ramos de hortelã e uma colher de chá daquelas mostardas caras que vêm em vidro. Misture uma colher de sopa de vinagre de xerez. Eu sei, ninguém tem isso em casa. Mas quem disse que seria fácil fazer uma alface com gosto? Compre. Já que você vai ser magra, aproveite pra ser rica. Acrescente uma gema de ovo. Misture bastante azeite, umas seis colheres, enquanto bate tudo com um mixer. Tempere com sal. Pronto, em cinco minutos está pronta a parte saborosa. Agora vem a alface.

Corte uma alface-americana alface_MG_6567ao meio. Pode ser escarola também (essa é o Guilherme Karam dos vegetais). Tempere com sal e frite por uns cinco minutos em um pouco de azeite. Sim, frite. Algumas pessoas acabariam um relacionamento por isso, mas não dê atenção. Se o Ratatouille ouvisse os críticos, não seria um grande chef roedor. Tire a alface do fogo quando estiver dourada e bronzeada e sirva com o molho.

Não tenho a menor ideia de quantas calorias tem esse prato, mas certamente é menos que aquele churrão que você iria mandar no quiosque do calçadão. Agora é só sair desfiando por aí como um Paulo Cintura feminino. Issa!

 Tiago Vidal Dutra pratica a gangsta cuisine, a cozinha das ruas, feita com o que tem em casa e sem muita frescura, e acredita que ir além do Miojo® é possível para todo mundo. Após suas tentativas de chef, publica as receitas no blog aziaavemaria.wordpress.com

Artigo de: Tiago Vidal

COMPARTILHE ESTA MATÉRIA
AVALIAÇÕES
(0)
  • Excelente
    0
  • Muito bom
    0
  • Normal
    0
  • Ruim
    0
  • Horrível
    0
DÊ SUA NOTA: