ENTRAR Bem-vindo! Faça login para ter
uma experiência completa.

Comer é uma arte

5 de março de 2017

(18)
A Tutano te leva para um tour guiado com os 5 melhores momentos da comida na arte ou da arte na comida

Todo mundo concorda com a máxima “comer é uma arte ”, até porque não é de hoje que esses dois conceitos andam juntos. Desde o Renascimento (não durma!), passando pela Pop Art de Andy Warhol e Roy Lichtenstein, que a comida é tema de obras consagradas.

Quem pinta a comida

Vermeer, Picasso, Dalí, Cezanne e muitos outros já beberam (comeram?) desta fonte de inspiração e, em vez de musas, pintaram frutas, pratos e banquetes. Mas esses todo mundo já conhece. Confira o trabalho do americano Wayne Thiebaud e do holandês Arnout van Albada, que com estilos bem peculiares dão uma ressuscitada nas velhas naturezas mortas.

Veja também: as clássicas obras de Pieter Aertsen, que mudou o jogo de comidas em pinturas, lá por 1500.

Wayne-Thiebaud-Cakes-1963-oil-on-canvas

Quem come a comida

Esse negócio de “não encosta que é arte”, “tira o dedo que ainda não tá pronto” é coisa do passado. Em 2010, no LACMA, a instalação Old Fashioned, da artista Jennifer Rubell, era composta de uma parede com 1.521 donuts que formavam novas figuras e formas quando… comidos! A próxima turma não ia gostar nada dessa bagunça.

Veja também: o projeto Cake Britain, a primeira exposição inteira comestível do mundo, que aconteceu em Londres, em 2010.

phoca_thumb_l_OLD FASHIONED (Miami)_JenniferRubell_2009_photobyKevinTachman_website-17

Quem tem TOC com comida

A artista Emily Blincoe é precursora na arte da organização de objetos e também de comida, claro. Confira a série “Arrangements” e regozije o transtornado obsessivo compulsivo que vive dentro de você. Se inspirou? Massa! Agora vá arrumar a cozinha.

Veja também: a obra Gradient Toast, do artista Van Robinson.

_MG_2823

Quem vê comida em tudo

Quem dá de cara com uma das instalações gigantes do artista ícone da Pop Art Claes Oldenburg tem certeza, por meio segundo, de estar passando por uma alucinação visual causada, neste caso, pela fome. Será que isso acontece só de ver uma foto também? Tá tudo bem? Na dúvida, vá comer.

Veja também: as instalações/guloseimas do artista Peter Anton. Essas são só pra olhar. Não passe vergonha no museu.

shutterstock_170941571_Christian Mueller _ Shutterstock.com

Quem fotografa comida

Da próxima vez que vir uma criança desenhando com a comida pense duas vezes antes de repreender o pequeno artista, que pode estar se inspirando no trabalho do grande Vik Muniz. Feijão, chocolate, molho, geleia e até caviar são matérias-primas do trabalho e estilo que o consagraram no mundo todo. Pegue aquelas sobras da geladeira e faça a sua versão.

Veja também: a série Dessert Art, da fotógrafa Sarah Anne Ward, que recria grandes obras de arte com doces.

muniz.sm_

COMPARTILHE ESTA MATÉRIA
AVALIAÇÕES
(18)
  • Excelente
    17
  • Muito bom
    0
  • Normal
    0
  • Ruim
    1
  • Horrível
    0
DÊ SUA NOTA: