ENTRAR Bem-vindo! Faça login para ter
uma experiência completa.

Lua de Mel na Itália de moto

13 de junho de 2018

(19)


Talvez eu não seja lá muito normal. Certamente não sou. Pelo menos sob o olhar daqueles que me cercam. Uma viagem de lua de mel na Itália de moto, que não atenda aos padrões preconcebidos é quase um desaforo às expectativas sociais, causa indignação, o “como assim?” desapontado daqueles que pensam que o retiro pós matrimônio encontra-se embalado nas prateleiras das agências de viagens: Taiti, Fernando de Noronha, Aruba, com um elegante serviçal oferecendo duas taças de champanhe na portaria do hotel e pétalas de rosas na Jacuzzi fumegante com lâmpadas azuis. Nada contra, de maneira alguma, só um bobo desdenharia de tamanho conforto e cordialidade, mas, confesso, detesto o paparico de serviçais, prefiro eu mesmo fazer o serviço. Ah, sou um tanto impaciente também, estender meu corpo numa espreguiçadeira de frente pro mar e banhar-me a cada meia hora afim de fixar os tons do sol na pele não satisfaz meus anseios.

Lua de Mel na Itália

Nossa lua de mel na Itália começou em Alba, no norte, vestidos quase como astronautas, com jaquetas, calças, botas e capacetes, sob o radiante sol da primavera. Seriam 15 dias até chegar ao destino final, Brindisi, onde pegaríamos um ferry até a Grécia. Quinze dias sem programação de hospedagem, alimentação, ou roteiro predefinido, a única coisa que sabíamos é que passaríamos grudados o dia inteiro, um abraço duradouro, eu na frente, ela atrás, e todo o resto seria descoberto a cada curva, a cada vilarejo, a cada taça de vinho e prato típico de cada região. Nada poderia ser mais fascinante e encantador.

Amarrei as malas no bagageiro. A Júlia subiu. Fiz o sinal da cruz e dei a partida. Fui invadido por uma alegria explosiva, refrescante, renovada a cada respiração pelo vento ainda gelado daquela manhã. Espiei a Júlia pela fresta do capacete, ela soltou um gritinho “uhuuuuuu”, parecia sentir o mesmo. Seguimos para o sul. Foi uma das viagens mais lindas da minha vida.

Quer continuar acompanhando a lua de mel na Itália do Beto Madalosso? Aguarde os próximos capítulos! 

Leia mais:

Europa de Motocicleta 

Beto Madalosso de moto pela Europa – parte 2 

Beto Madalosso de moto no Atacama 

Viagem de moto pela Estrada Real 

 

COMPARTILHE ESTA MATÉRIA
AVALIAÇÕES
(19)
  • Excelente
    13
  • Muito bom
    0
  • Normal
    1
  • Ruim
    3
  • Horrível
    2
DÊ SUA NOTA: