Na rua, na chuva, na fazenda…

0
228
Foto: Diogo Adamns

O vasilhame para chope de vidro ou cerâmica, conhecido como growler, é realmente um salva-vidas. Digamos que você esteja entediado ou sedento ou esses dois ao mesmo tempo: é só encher um growler com um bom chope e se divertir em casa com um filme ou um livro. Digamos que seja convidado de última hora para uma festa e não quer chegar de mãos abanando nem quer levar um monte de garrafas quentes: encha um growler e tá tudo certo. A família combinou de fazer um piquenique no parque? Encha um growler e aproveite o bom momento. Jantarzinho com o namorado/namorada? Chegue com um growler com aquele chope que ele/ela adora e cause uma ótima impressão!

Todo mundo deveria ter um growler. É prático, é mais barato para fazer a recarga, você pode tomar um chope fresquinho no conforto do lar, no futebol da turma, no almoço, na praia, na piscina, até na casinha de sapê. E além de tudo é ecológico: um growler de 2 litros poupa 4 garrafas de vidro de 500 ml ou poupa seis latinhas de 350 ml de serem usadas e descartadas como lixo.

Nos Estados Unidos o uso do growler é muito comum desde o final dos anos 80. Aqui no Brasil, a ideia também pegou muito bem entre os cervejeiros, mas só recentemente. O que importa é que cada vez mais cervejarias e empórios estão aderindo, inclusive fazendo desconto no preço do litro pra incentivar o uso e privilegiando cervejarias locais como opção para abastecimento. Existem growlers de variados tamanhos, formas e cores, além disso tudo, você também pode personalizar o seu.

Origem do Growler

Existem duas hipóteses para o nome growler. Uma vem da palavra inglesa “growl” que significa “rosnar, resmungar, chiar”. Isso porque, os primeiros growlers, do final dos anos 1800 até os anos 1920, eram baldes de aço e com o movimento do transporte, as tampas metálicas deixavam escapar a carbonatação fazendo um som ruidoso, que parecia um resmungo.

A outra hipótese é que origem do nome pode ter vindo dos clientes nada satisfeitos com o modo com que eram enchidos seus baldes. Se o nome vem de growl, então “growler” seria uma pessoa resmungona. Os bartenders abasteciam o growler com quase dois pints de espuma porque ainda não havia padrões de medição. Muitas vezes, bartenders e bebedores se desentendiam e a história sempre terminava com o cliente resmungando. Agora qual é a hipótese mais correta, não me pergunte. Isso já é assunto para discutir com um growler cheio 🙂

Confira essas dicas para aproveitar seu growler da melhor maneira possível:

O growler cheio não pode ficar fora da refrigeração. Não abasteça seu growler e deixe no carro cozinhando embaixo do sol enquanto você vai no banco ou buscar o cachorro no pet shop, a não ser que seja colocado em um cooler com gelo.  Ah, e não guarde deitado e muito menos em um congelador!

– Se a pressão da tampa e a borracha do seu growler estiverem ok, sua cerveja vai permanecer carbonatada por até 1 mês, mas o ideal é não ficar tanto tempo assim: o chope deve ser consumido o mais fresco possível. E quando abrir, consuma tudo, pois o princípio é o mesmo do refrigerante: quanto mais abrir e fechar, mais gás vai perder.

Quando terminar o chope, lave imediatamente com água quente e guarde aberto. Não use detergente, álcool nem qualquer outro produto de limpeza, isso vai afetar o sabor e a formação de espuma dos próximos chopes. Nunca leve seu growler sujo para encher. Quanto mais tempo o resíduo de cerveja fica no vasilhame, pior é para limpar. A cerveja é facilmente contaminada por bactérias. Em alguns casos, tem que usar ácido peracético (bactericida e fungicida) e não são todos os lugares que fazem essa limpeza.

E aí, já tem o seu growler? Em Curitiba, muitas lojas e cervejarias vendem growlers e também os abastecem. Porém, apenas quatro, Beer-To-GoBodebrownTemplo da Cerveja e Growler Brasil possuem um sistema de contrapressão para o envase.

Beer-To-Go

Beer-To-Go (MON)
Rua José Sabóia Cortês, 251, Centro Cívico
(41) 3016-4850
Terça a sexta-feira, 16h às 21h
Sábado, 13h às 20h
Domingo, 11h às 16h

Beer-To-Go (Bigorrilho)
Al. Princesa Izabel, 2849
Terça a sexta-feira, 16h às 21h
Sábado, 11h às 18h
Domingo, 10h às 14h

Bodebrown

Carlos de Laet, 1015, Hauer
De segunda a quinta, das 9h às 18h
Sexta-feira, das 9h às 20h
Sábados, das 9h às 14h30
(41) 3082-6354

Templo da Cerveja

Rua Cel. Dulcídio, 775, Loja 3, Bloco 2, Batel
De terça a quinta-feira, das 16h à meia-noite
Sexta e sábado, das 16h às 2h
Domingos, das 16h à meia-noite
(41) 3532-9155

Growler Brasil

Av. Brigadeiro Franco, 260, Água Verde
De terça a sexta, das 16h às 22h
Aos sábados, das 10h às 22h
Domingos, das 10h às 16h
(41) 3532-9155

12670844_800175256761034_3695361055274336928_n

Leia mais:

Beer-To-Go abre nova loja no Centro Cívico
Growler: chope artesanal fresco em casa