10 mandamentos para a nova normalidade

0
810

O desconfinamento já parece ser uma realidade em Curitiba. Basta uma voltinha pela cidade para perceber que há muitos estabelecimentos comerciais abertos. Nem todos essenciais. Os números oficiais nos dizem que caminhamos bem até aqui, mas não vamos estragar tudo agora, certo? Inspirados em um texto muito bacana publicado pela revista Time Out Portugal (que, mudou seu nome temporariamente para Time In), criamos os 10 mandamentos para a nova normalidade. Se é que podemos chamar isso de normalidade. Salve nos seus favoritos, compartilhe, imprima e cole na parede se achar necessário!

1. Não te aglomerarás

Saudades de uma festinha, né minha filha? Nós também. Aquela loucura de roda de samba, suor e cerveja, corpos encostadinhos, todo mundo cantando junto e emitindo gotículas de saliva uns nos outros… Que tempo bom! Mas agora, bebê, não vai rolar… Respeite o distanciamento pelo bem comum, combinado?

2. Andarás mascarado

Se até agora tua referência de baile de máscaras era algo como o carnaval de Veneza ou aquele festerê do filme De Olhos Bem Fechados, sinto muito amiguinho… As máscaras que precisamos usar agora têm bem menos glamour – embora algumas sejam bem bonitinhas. Mas elas salvam vidas e isso já é motivo suficiente pra não sair de casa sem, concorda?

3. Não tocarás em nada

Quando estiver fora de casa, coloque a mãos no bolso. Não toque em nada, a não ser que seja absolutamente necessário. Sabe aquela mania de passar pela prateleira do supermercado acariciando os alimentos? Esqueça. “Mãozinhas pra trás”, como já diziam as nossas mães quando nos levavam pra comprar louça nos outlets de Campo Largo.

4. Ajudarás o próximo

Fica combinado aqui que esse mandamento não é datado, ok? Continuará valendo ad eternum… Comece por quem está próximo, estenda a mão (metaforicamente) para amigos, familiares, vizinhos… Descubra iniciativas no seu bairro, na comunidade, junte-se a projetos que já funcionam. Há milhares de ações incríveis bem do seu ladinho e há muitas formas de participar. Algumas ideias:

Redondas Tutano: conheça quem produz seu alimento e ajude o GoodTruck. Evento mensal com, pizza live e solidariedade #RedondasTutano

PF do Bem: quando pedir seu delivery, doe para quem não tem o que comer. #PFdoBem

Cesta Social do Quintana Gastronomia: ajude os produtores da agricultura familiar da RMC e contribua também com a alimentação de comunidades carentes. #CestaSocial

Gastromotiva: sua ajuda fortelece as cozinhas solidárias que socorrem os mais vulneráveis com uma alimentação nutritiva. #EuAlimentoEsperança

5. Comprarás de quem está perto

A gente bate nessa tecla faz tempo, mas não custa nada repetir: valorize os produtores locais, incentive os pequenos negócios, estimule a economia ao seu redor, ajude a sustentar a agricultura familiar. Os grandes varejistas também estão sofrendo, mas o mercadinho do seu bairro vai quebrar. As grandes redes de fast food passarão por maus bocados, mas o restaurante familiar da sua rua não vai sobreviver. Faça a sua parte: shop local, como dizem na gringa!

6. Respeitarás a bolha alheia

Curitibanos, uni-vos! Está na hora de mostrar ao mundo que somos vanguarda no isolamento. Todas as críticas que vocês receberam dos amigos do interior – aquele povo simpático e acolhedor – serão temporariamente aceitas. Não entrem em elevadores com outras pessoas, nada de abraço no vizinho e jamais apareçam na casa do amigo sem avisar. Quando tudo isso passar de verdade, com vacina e remédio indicado pela OMS, a gente repensa esses conceitos.

7. Presentearás com comida

Pão é amor, espaguete ao sugo é cafuné, chocolate é abraço, torta de limão é beijo na boca… Ok, você pode inverter a ordem, escolher outras receitas, mas confessa: ganhar uma comidinha dessas com um bilhete fofo é a melhor declaração de amor que alguém pode receber nesses dias sombrios, certo? Então demonstre afeto cozinhando para quem você ama, coloque num tupperware e entregue (respeitando as regras de distanciamento, não custa lembrar). Não sabe cozinhar? Tá sem tempo? Encomende um bolo da doceira que mora no seu prédio, uma feijoada do boteco da esquina… Presenteie com comida e serás recompensado.

8. Recompensarás o entregador

No vai e vem de motos e bicicletas, os entregadores de aplicativos de delivery não param. Sem direitos trabalhistas, com a concorrência aumentando diariamente, cumprindo jornadas longas e estressantes, totalmente expostos ao coronavirus, esses profissionais estão trabalhando mais do que nunca para sustentar suas famílias. Que tal colaborar com uma gorjeta extra?

9. Não julgarás quem precisa sair de casa

Embora todo mundo saiba que a recomendação é ficar em casa, sabemos também que pra muita gente isso não é uma opção. Vamos tentar manter o bom senso e não sair apontando o dedo para o outro sem conhecer a sua história, as suas necessidades? Cuide da sua vida – e da dos outros – sendo responsável pelas suas próprias atitudes. Dê exemplos, não sentenças.

10. Salvarás o seu negócio

Se você é dono(a) ou gestor(a) de um negócio de gastronomia, não deves desanimar. Com a retomada, o setor de restaurantes se reestabelecerá. O ser humano ama ser servido e brindar fora de casa, mas estará mais exigente depois do confinamento. Então, profissionalize a gestão do seu restaurante e mostre ao cliente que você está ainda mais preparado para vender. O Beto Madalosso criou um curso online perfeito para isso. Confira!

DEIXE UMA RESPOSTA

Enviar comentário
Seu nome