ENTRAR Bem-vindo! Faça login para ter
uma experiência completa.

Onde comer marreco em Curitiba

20 de novembro de 2017

(39)
Três restaurantes para comer o prato típico alemão

As primeiras receitas de marreco (parece pato, mas não é) aportaram no Brasil com os imigrantes alemães e, logicamente, fizeram o maior sucesso no sul do país. Quem já foi à Oktoberfest, em Blumenau, provavelmente já se lambuzou com os quilos de marreco servidos durante a festa. Mas você não precisa ir até Santa Catarina para encontrar marreco recheado. Dá próxima vez que bater aquela vontade, veja essa lista!

Restaurante Alameda Dom Pedro

Toda quinta-feira é dia de marreco no bufê do Alameda Dom Pedro. Recheado e temperado de acordo com a receita secreta do chef Cristiano Mazalli, o marreco vai para o forno às 6h e só sai por volta das 11h40, minutos antes de ser servido no almoço. Se você achou o processo trabalhoso, multiplique por 8, essa é a quantidade de marrecos preparada pelo chef Cristiano para dar conta dos famintos que lotam a casa toda quinta-feira.

Caras-de-pau que somos, logo pedimos para o chef compartilhar a receita do sucesso com a gente. “A receita é secreta, mas posso dizer que é feito com laranja e mel”, diz o chef Cristiano. “Trabalhar com suco de laranja natural e combinar com o mel faz toda a diferença, deixa ele mais apetitoso”. No bufê, o marreco é acompanhado por purê de maçã, repolho agridoce, arroz e purê de batatas, tudo como manda a receita alemã.

Preço:
R$ 62,90 o quilo e R$ 55 livre, dias de semana
R$ 69,90 o quilo e R$ 58,80 livre, aos sábados

Al. Dom Pedro II, 614, Batel
(41) 3045-3683
Segunda a quinta-feira, 11h30 às 14h30
Sexta-feira, 11h30 às 14h35
Sábado, 12h às 15h

Cantinho do Eisbein

Apesar do nome, nem tudo é joelho de porco no Cantinho do Eisbein. Acompanhado por arroz, repolho roxo, purê de batatas e salada, o 1/2 marreco é servido na casa desde 1986. Não se engane pelo 1/2 do cardápio, a porção é grande o suficiente para duas pessoas.

Preço: R$ 94,50

Av. dos Estados, 863, Água Verde
(41) 3329-5155
Terça a sexta-feira, 11h30 às 14h e 18h30 às 23h
Sábado, 11h30 às 15h30 e 18h30 às 23h
Domingo, 11h30 às 15h30

Bar do Alemão

Lugar oficial para levar os amigos de fora, o Bar do Alemão tem cara de taverna alemã e um cardápio só com pratos e petiscos da culinária germânica. A receita de marreco vem acompanhada de repolho roxo, salada, purê de maçã e Spätzle, uma massa a base de ovos comum no sul da Alemanha. Alemão até no osso.

Preço: R$ 93 (serve duas pessoas)

Rua Dr. Claudino dos Santos, 63, São Francisco
(41) 3223-2585
Todos os dias, 11h às 2h

Leia mais:

7 cervejas para harmonizar com comida de boteco
O Strudel e a maçã da Silva

COMPARTILHE ESTA MATÉRIA
AVALIAÇÕES
(39)
  • Excelente
    25
  • Muito bom
    3
  • Normal
    2
  • Ruim
    4
  • Horrível
    5
DÊ SUA NOTA:
COMENTÁRIOS
  • Ambiente aconchegante, comida maravilhosa,o chef uma pessoa maravilhosa
    Estacionamento próprio!! Experimente não vão se arrepender tenho certeza!! Venham provar o marreco o melhor da cidade!!! Vem pro Alameda vemmmm

  • Fui no Alameda Dom Pedro na quinta-feira experimentar o marreco e gostei bastante do tempero. Também vale destacar o ambiente aconchegante e com estacionamento. Parabéns!

  • Alameda é o melhor! Ambiente maravilhoso, comida divina e o chef é uma simpatia! Recomendo 👍🏻

  • Do Alameda Dom Pedro e o melhor! Com certeza!

  • O restaurante Alameda Dom Pedro é simplesmente incrível e a comida extraordinária. Vale muito a pena ir lá e saborear o marreco.

  • Mais dois lugares:

    Schimmel (Na Rua Henrique Itiberê da Cunha, ao lado da Havan)

    Mangiatto Bene (Rua João Gava)