É o que a chef/proprietária Aline Higa gosta de chamar de “restaurante de portas cerradas”. Funciona num apartamento grande e espaçoso no centro da cidade, com vista para o paço municipal, desde 2010. Apaixonada por conservas, ela tem o que considera uma “lujinha“ em casa com chutneys, berinjelas, alhos etc. sua especialidade é cozinha mediterrânea, marroquina e grega, e o orgulho da casa é a moussaka vegetariana. A ideia da Aline é fazer comida sem malabarismos. Bebidas podem e devem ser levadas.