A Mercearia Bresser Batel leva esse nome em homenagem à rua Bresser, reduto dos primeiros imigrantes italianos que chegaram à São Paulo. A homenagem continua na decoração, inspirada nos galpões e mercearias dessa e de outras ruas do bairro do Brás.

Pizza paulistana

As pizzas, é claro, também carregam sotaque da maior metrópole do país, garantido pelos pizzaiolos importados.

A Bresser, pizza que leva nome da casa, é clássica e ao mesmo tempo única. Uma parte quente (massa, molho e muçarela). Outra parte fria (tomate longa vida, folha de manjericão gigante, muçarela de búfala e pesto de azeitonas pretas). Juntas, moldam a experiência.

A chef do restaurante Paraguassu Néia Zucoloto já contou para nós que está na Bresser quase todo domingo.  “Sempre peço o mesmo sabor: a pizza Diávola com massa bem fina. Até já experimentei outros sabores, mas sempre volto nesse. É feita com um pepperoni diferente, uma mussarela especial e tem um pouco de cogumelo, uma delícia”.