ENTRAR Bem-vindo! Faça login para ter
uma experiência completa.

Selo Tutano da semana vai para o Quitutto

5 de julho de 2018

(21)
O Quitutto tem filé de igreja, sanduíche de pernil e atendimento do jeitinho que o curitibano gosta

Lembra quando você era criança e tirou sua primeira nota 10, sofrida, em matemática? E em todo o lugar que ia com seus pais eles se vangloriavam do bom aluno que o filho era? Esse carinho e orgulho com que os pais falavam de você é o mesmo tom que o Rafael e o Adonis, sócios do Quitutto, usam para falar do restaurante.

Mas o Rafael e o Adonis não são daqueles que ficam competindo com os outros pais da escola, os malas para quem todo mundo revira os olhos. Eles falam de cada detalhe do Quitutto frisando no empenho de cada funcionário, na ajuda dos colegas dos outros bares da vizinhança, nas pesquisas para criar o cardápio e entender  o seu público. É um orgulho legítimo e que te faz gostar ainda mais da casa — e do Rafael e do Adonis.

O Quitutto completa dois anos em novembro, mas começou a conquistar o curitibano antes disso. O Adonis era da área da saúde e o Rafael, publicitário. Os dois sempre curtiram cozinhar e se conheceram no curso de gastronomia do Senac, Adonis como professor e o Rafael como aluno.

Empreendedor, o Rafael logo montou uma sanduicheria no Couto Pereira e três meses depois abriu outra loja no estádio, para vender uma pizza quadrada das boas. O Adonis começou a ajudar e com a onda dos food trucks em Curitiba, decidiram ter um e participar de feiras e eventos fechados. A comida deles ficou tão famosa, que logo encontraram um lugar para que todos os clientes do Couto pudessem aproveitar os lanches mesmo em dias sem jogos: o ponto do Água Verde, onde fixaram o Quitutto.

O carro chefe da casa são os sanduíches, como o Porcoleta (R$ 18,90), feito de pernil assado e desfiado, com costelinha defumada, queijo derretido, maionese, rúcula e barbecue laranja, servido no pão preto. Uma sequência de ingredientes bons que faz as solitárias da barriga se revirarem de vontade.

Mas outra coisa que faz sucesso na casa é o cardápio de almoço, nos fins de semanas e feriados: o tradicional filé de igreja (R$69,90) que serve até duas pessoas. Até fizemos uma matéria sobre churrasco de igreja em Curitiba, e o Quitutto foi TÃO recomendado pelos nossos leitores, que nos impressionou! Foi a prova de que era uma casa que merecia levar o Selo Tutano, porque foi reconhecida por quem realmente interessa: o público.

No cardápio especial de almoço, além do filé de igreja, você pode comer alcatrão completo para três pessoas (R$96,90), assado de tiras para duas pessoas (R$65,60), sobrecoxa desossada (R$36,90) e contra filé sem osso completo, para até duas pessoas (R$79,90), tudo isso com um bufê de saladas caprichado.

Por trás desses pratos, está o Willy, o responsável pela cozinha do Quitutto. É quem fez um dos melhores hambúrgueres vegetarianos (R$16,90) que já comemos em Curitiba. Sem falar que o Luan, o Bruno e o Luiz, os garçons da casa, são o tipo de caras que você troca uma ideia sem dificuldade, com um dos melhores atendimentos do Água Verde!

Por ter nos surpreendido e por ser tão querido entre os nossos leitores, o Quitutto leva o Selo Tutano da semana!

Não deixe de experimentar o Churros Espanhol do Quitutto!

Quitutto

Avenida dos Estados, 481, Água Verde
(41) 3095-2686
Terça a sexta-feira, 16h30 à meia noite
Sábado e domingo, 11h45 às 16h

Patrocinadores

Bodebrown
Stampa Food

Leia mais:

Anis Presto também é Selo Tutano!
Pizzaria em Curitiba leva o Selo Tutano, a Funiculì
Armazém Califórnia é Selo Tutano Gastronomia
Selo Tutano para o Izakaya Hyotan

COMPARTILHE ESTA MATÉRIA
AVALIAÇÕES
(21)
  • Excelente
    16
  • Muito bom
    0
  • Normal
    1
  • Ruim
    2
  • Horrível
    2
DÊ SUA NOTA:
COMENTÁRIOS
  • Além da comida muito muito boa, do atendimento super, o lugar é bem acolhedor!!