ENTRAR Bem-vindo! Faça login para ter
uma experiência completa.

Sorvete de cravo e canela

17 de março de 2016

(1)
Receita de Marcos Fabio, que tem um restaurante na própria casa, onde prepara jantares personalizados

Assim como o macarrão, o sorvete também foi inventado pelos chineses, mas foram os italianos que levaram a fama. Tudo começou há mais de 3 mil anos, quando o pessoal lá do Oriente resolveu misturar neve com suco de frutas e mel. Alexandre, o Grande, foi passear por aquelas bandas e curtiu a receita. Foi ele quem apresentou a sobremesa para os europeus. Desde então, a Itália criou gosto pela coisa e investiu na sofisticação da técnica de preparo e em sabores exóticos.

No Brasil, o sorvete chegou em 1835, quando um navio americano aportou no Rio de Janeiro com 270 toneladas de gelo. Dois comerciantes compraram o carregamento e tiveram a brilhante ideia de vender sorvetes de frutas. E, para quem pensa que foi o anticoncepcional o grande precursor do movimento de libertação feminina, aqui vai uma informação bem curiosa: foi o sorvete que tirou a mulherada de casa! Incapazes de resistir a esta delícia, elas praticaram um de seus primeiros atos de rebeldia contra a estrutura social vigente invadindo as confeitarias, até então frequentadas exclusivamente por homens.

Mas agora chega de história e vamos ao que interessa. Esta receita é do nosso amigo Marcos Fabio, que tem um restaurante na sua própria casa, onde prepara jantares personalizados. Aproveite que o verão chegou e coloque a mão na massa!

Sorvete de cravo e canela

  • 1 lata de creme de leite
  • 3 colheres (sopa) de leite em pó
  • 1 colher (chá) de canela em pó
  • 1 colher (chá) de cravo em pó
  • 1 xícara (chá) de açúcar
  • castanhas-do-pará
  • castanhas-de-caju

Modo de preparo:

Em um liquidificador, bata todos os ingredientes com uma xícara (chá) de água filtrada Despeje em um recipiente refratário e leve ao freezer por cerca de seis horas, retire do freezer e deixe descongelar um pouco para poder bater na batedeira em velocidade média por cinco minutos. Volte para o freezer e deixe mais seis horas. Sirva com castanha-de-caju e castanha-do-pará trituradas.

Marcos Fabio é chef e sommelier. Além de preparar jantares personalizados, também promove as aulas/jantares e cursos. Especialista na gastronomia italiana, estudou na Itália e nos Estados Unidos.

Prefere ver o passo a passo dessa receita? Clique aqui: Sorvete de cravo e canela.

COMPARTILHE ESTA MATÉRIA
AVALIAÇÕES
(1)
  • Excelente
    1
  • Muito bom
    0
  • Normal
    0
  • Ruim
    0
  • Horrível
    0
DÊ SUA NOTA: